Educarbrasil's Blog

O site busca noticiar principalmente temas relacionados à educação, em todos os níveis.

O MORTO ESTÁ VIVO!

Posted by educarbrasil em outubro 31, 2009

Como toda quarta-feira, dona Paulinha saia à avenida Cursino, em bairro da capital paulista, pontualmente às 21 horas para colocar o lixo a fim de que o lixeiro levasse. Notou entretanto que em sua calçada fora colocado um saco com muitos entulhos que o caminhão de lixo não leva, somente caminhões designados especialmente para este objetivo pela prefeitura. “Este povo sabe que não pode fazer isso e além disso joga em minha porta! Que cretinos!”.

Perto havia também um saco que chamou ainda mais a atenção de Paulinha. O saco  tinha uma forma humana e ela quase caiu para trás de susto quando ao aproximar-se viu o saco se mexendo.

Alguns alunos de uma escola próxima que estavam do outro lado da rua aguardando condução para ir para casa, observavam Dona Paulinha e o saco. Correram para ver quando ela gritou e se assustou. Eles se aproximaram e cutucaram o saco com o pé .

Quem ou o quê estava lá dentro se mexeu e um braço caiu para fora do saco.  Os alunos afastaram-se e alguém disse: “Acho que está morto!”, outro retrucou: “Acho que está bêbado!”, e uma voz ainda disse: ” Isso aí deve ser efeito de drogas!”

Como perceberam que o ônibus estava vindo foram para o ponto e disseram: “A senhora deve chamar a polícia!”.

Dona Paulina entrou em casa e logo discou para a polícia. Após todo um cadastro sobre seu nome, endereço e documentos ouviu a atendente dizendo que a transferiria para o setor responsável. Outra nova bateria de perguntas e impaciente Dona Paulina retrucou:  “quero saber quando vocês vão mandar alguém aqui para ver o que tem no saco. Acho que é um homem morto porque não se mexe”.

Durante toda a noite Paulina não conseguiu dormir espiando pela janela o saco e esperando que os policiais viessem.

Às oito da manhã, chega o caminhão de limpeza urbana para recolher o lixo. Dona Paulina, já com olheiras, corre à porta e diz aos lixeiros. Cuidado com o saco, acho que tem alguém morto aí. Os lixeiros ouviram, olharam curiosos, mexeram no saco com os pés e nada se moveu. Deixaram o saco no mesmo lugar, seguindo, como sempre, correndo para realizar os carregamentos.

Logo depois chega o carro de polícia. Dona Paulina, também presente e preocupada, estava junto para  ver o desfecho do fato. A policial feminina chegou ao local com a informação que havia um morto dentro de um saco. Uma pequena multidão de curiosos se formou para ver o que sairia dali.

A policial abriu o saco e imediatamente o homem que estava lá dentro, levantou, com o andar trôpego de quem havia bebido muito, e saiu andando. Só sei que ouvimos a policial dizer surpresa: “O morto está vivo!”

Dona Paulinha aliviada por não estar presente de um homem possivelmente assassinado, entrou dentro de casa pensando: “e eu que perdi uma noite de sono enquanto o bêbado dormiu tranquilamente em minha calçada a noite toda!”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: