Educarbrasil's Blog

O site busca noticiar principalmente temas relacionados à educação, em todos os níveis.

Estudantes e o transporte público

Posted by educarbrasil em setembro 1, 2009

Talvez isso que relato agora aconteça na saída de muitas escolas e as pessoas parecem ter se acostumado e até achar normal, o que se torna uma vergonha, como diria Bóris Casoy, para o nosso país e sistema educacional. O fato é que ontem, dia 2 de setembro, esperava um ônibus em um ponto próximo a uma escola pública de ensino médio na cidade de São Paulo. Era o horário da saída dos alunos e o final do dia de trabalho de muitos. O ponto de ônibus rapidamente lotou. Alguns dos alunos jogavam latas de refrigerante e potes de iogurte no meio da pista e se divertiam vendo as rodas dos carros passando sobre eles, produzindo barulho e algumas vezes arremessando-os para o alto.

Será que estas crianças sabiam o risco que poderiam provocar neles mesmos ou em quem estivesse passando pelo local? Além, é claro, de estarem sujando as ruas. Sabemos que lixo pelas ruas é um dos causadores de enxentes na cidade. Mas, vamos adiante…

Após 40 minutos de espera, depois de um dia consativo de trabalho para muitos que estavam ali, o ônibus finalmente chegou, lotado. Os estudantes se amontoaram na porta à espera que ela abrisse. O motorista porém, arrancou o carro e não permitiu que ninguém subisse. O segundo ônibus que veio logo depois realizou o mesmo procedimento.

Duas senhoras que estavam próximas falaram: “Vamos pegar no outro ponto, aqui os motoristas não irão parar”. Ouvindo isto resolvi acompanhá-las. Para minha surpresa, no outro ponto havia exatamente três estudantes já esperando o mesmo ônibus. Quando ele chegou, amigos dos três que estavam lá dentro, começaram a acenar para eles. O motorista, mais uma vez parou mas não abriu a porta, mesmo tendo espaço dentro do veículo e com os usuários batendo na porta pedindo que ele abrisse. Os estudantes que estavam dentro do ônibus caçoaram dos que ficaram mais uma vez de fora, como se eles tivessem perdido uma corrida. Vitorioso era quem conseguia entrar!!!

Nesta hora não teve jeito, soltei o mesmo palavrão que a Xuxa quando falaram mal da escrita da filha Sasha.

Já pensando, mesmo cansada, em percorrer à pé, junto à poluição e barulho de carros naquele horário de pico em grande cidade, o percurso de cinco quilômetros que me levaria a meu destino, vejo chegar mais um ônibus. O letreiro estava apagado. Na dúvida, dei o sinal. Ele parou e perguntei qual o destino do ônibus. Com má vontade o motorista respondeu. Eu falei: “não dá para ver, pois o letreiro da frente está apagado e já são 8 horas da noite”.

Agora a quem reclamar? Os motoristas dizem que não páram porque os estudantes não têm educação. Os estudantes, por sua vez, não são totalmente responsáveis por seus atos, e de alguma forma não estão recebendo as orientações necessárias para agirem como cidadãos e respeitarem o espaço alheio sem prejudicar os outros com suas ações. Quem sabe até recebam mas o que fazer para que teoria e ação sejam praticadas em conjunto? Creio que uma boa ideia seria disponibilizar transporte exclusivo para eles. Pessoas que são respeitadas em seus direito tendem a respeitar o outros também. Bons exemplos, como todos sabem, é o princípio básico da boa educação.

Que tipo de adultos eles serão?

São Paulo é a maior cidade do Brasil e tudo que acontece aqui deveria servir de bom exemplo para o resto da educação no país, infelizmente o que acontece é o inverso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: